Nós, da CONCP, queremos que nos nossos países martirizados durante séculos, humilhados, insultados, nunca possa reinar o insulto, e que nunca mais os nossos povos sejam explorados, não só pelos imperialistas, não só pelos europeus, não só pelas pessoas de pele branca, porque não confundimos a exploração ou os factores de exploração com a cor da pele dos homens; não queremos mais a exploração no nosso país, mesmo feita por negros. Lutamos para construir, nos nossos países, em Angola, em Moçambique, na Guiné, nas Ilhas de Cabo Verde, em S. Tomé, uma vida de felicidade, uma vida onde cada homem respeitará todos os homens, onde a disciplina não será imposta, onde não faltará o trabalho a ninguém, onde os salários serão justos, onde cada um terá o direito a tudo o que o homem construiu, criou para a felicidade dos homens. É para isso que lutamos. Se não o conseguirmos, teremos faltado aos nossos deveres, não atingiremos o objectivo da nossa luta”. AMILCAR CABRAL

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

MOVIMENTO IVA COM RECIBO

IVA com recibo é um movimento justo. É uma iniquidade que as PMEs portuguesas sejam obrigadas a pagar o IVA a partir do momento que emitem uma factura. Sabendo-se do problema crónico dos atrasos de pagamentos em Portugal (inclusive os do próprio Estado), verifica-se que as PMEs estão de facto a financiar o erário público com os seus magros fundos de maneio. Assim, muito mais correcto é que o pagamento do IVA seja devido a partir do momento em que as facturas são efectivamente recebidas. Mais vale ajudar as PMEs portuguesas – as principais empregadoras do país – do que banqueiros em bancarrota. Neste momento de crise financeira mundial, esta reivindicação adquire ainda maior relevância.
Se concorda com isso, assine a petição on line:

Sem comentários: