Nós, da CONCP, queremos que nos nossos países martirizados durante séculos, humilhados, insultados, nunca possa reinar o insulto, e que nunca mais os nossos povos sejam explorados, não só pelos imperialistas, não só pelos europeus, não só pelas pessoas de pele branca, porque não confundimos a exploração ou os factores de exploração com a cor da pele dos homens; não queremos mais a exploração no nosso país, mesmo feita por negros. Lutamos para construir, nos nossos países, em Angola, em Moçambique, na Guiné, nas Ilhas de Cabo Verde, em S. Tomé, uma vida de felicidade, uma vida onde cada homem respeitará todos os homens, onde a disciplina não será imposta, onde não faltará o trabalho a ninguém, onde os salários serão justos, onde cada um terá o direito a tudo o que o homem construiu, criou para a felicidade dos homens. É para isso que lutamos. Se não o conseguirmos, teremos faltado aos nossos deveres, não atingiremos o objectivo da nossa luta”. AMILCAR CABRAL

quinta-feira, 22 de maio de 2008

RADIOGRAFIA DE UM GOVERNO E DE UMA POLITICA

A ex-congressista colombiana Yidis Medina que está sendo processada por corrupção em virtude da confissão de ter sido "comprada" por emissários do presidente Álvaro Uribe para garantir os votos que aprovaram a emenda constitucional favorável à reeleição de Uribe.
O presente vídeo em anexo é a mais perfeita radiografia do tipo de poder e de política que existe e é desenvolvida na Colômbia. É o mais real e cruel paradigma da história colombiana, em que a promiscuidade de interesses contamina e anula até as estruturas legais e formais do que poderia se dizer democrático. O que há é uma tirania oligárquica e sua inesgostável sede de riqueza e poder. A Red Independente "Notícias Uno" através dessa súmula de notícias, intitulada "Los recomendados de Yidis" demonstra os meandros da prática uribista, que é a mesma de todas as oligarquias.
(Pedro Ayres - no Blog Crónicas e Críticas da América latina) Confira aqui . Veja o vídeo aqui

2 comentários:

Pedro Ayres disse...

Caro Agry

Fique à vontade. Aliás, este vídeo diz mais do que vários livros sobre o tema práticas oligárquicas capitalistas. Ë demolidor e muito bem realizado do ponto de vista jornalístico, numa prova de que na Colômbia ainda sobrevive a independência e o pudor político.

Pedro Ayres disse...

Agry
Sugiro que pegues a nova introdução ao vídeo, pois, a primeira foi feita às pressas.
O importante, mesmo,é o vídeo.
Um abraço