Nós, da CONCP, queremos que nos nossos países martirizados durante séculos, humilhados, insultados, nunca possa reinar o insulto, e que nunca mais os nossos povos sejam explorados, não só pelos imperialistas, não só pelos europeus, não só pelas pessoas de pele branca, porque não confundimos a exploração ou os factores de exploração com a cor da pele dos homens; não queremos mais a exploração no nosso país, mesmo feita por negros. Lutamos para construir, nos nossos países, em Angola, em Moçambique, na Guiné, nas Ilhas de Cabo Verde, em S. Tomé, uma vida de felicidade, uma vida onde cada homem respeitará todos os homens, onde a disciplina não será imposta, onde não faltará o trabalho a ninguém, onde os salários serão justos, onde cada um terá o direito a tudo o que o homem construiu, criou para a felicidade dos homens. É para isso que lutamos. Se não o conseguirmos, teremos faltado aos nossos deveres, não atingiremos o objectivo da nossa luta”. AMILCAR CABRAL

quinta-feira, 19 de junho de 2008

A REPRESSÃO DA LIBERDADE JÁ SE INSTALOU NA NET


“De acordo com um relatório, citado pela BBC, o total de autores de blogues presos entre 2003 e 2007 foi de 64 pessoas, na sua maioria provenientes da China, Egipto e Irão, sendo que no ano passado o número de presos triplicou em relação a 2006.
Foi no ano passado que se registou o maior número de detenções
Para os autores do relatório esta tendência demonstra que a blogosfera tem uma cada vez maior importância para a política, realçando que as prisões costumam incidir sobretudo em períodos de instabilidade, como eleições ou protestos públicos.
Em média os autores de blogues enfrentam penas de 15 meses, mas há casos em que um bloguer foi condenado a oito anos de cadeia.
Apesar de contabilizar apenas 64 pessoas como vítimas daquilo que escrevem, o relatório acredita que este valor poderá ser ainda maior.
Outra das conclusões do estudo refere que não são apenas os países considerados repressivos que têm práticas deste tipo, uma vez que nos últimos quatro anos surgiram casos semelhantes no Reino Unido, França, Canadá e EUA.”.
Confira aqui
aqui, aqui, aqui e aqui
O imperialismo, no seu melhor. A sua ofensiva ideológica opta por derrubar fronteiras. Mundializa, invade, amordaça e reprime o espírito critico e o direito à indignação.
Perante a fragilidade e a hipocrisia dos Poderes instituídos o imperialismo redescobre-se nas suas práticas de repressão.
A promiscuidade entre os Poderes as transnacionais, os monopólios e as grandes empresas da desinformação no combate e na invasão à blogosfera
O esvaziamento do conceito de liberdade, o autoritarismo galopante, a precarização do trabalho, o crescimento das desigualdades, a crise alimentar, são temas tabu que a reacção internacional quer ver afastada dos blogs. É a perpetuação do império da mentira. É a colonização e a submissão totais!
O que estes vermes, estes bandos de vampiros, gostariam era mesmo o de docilizar os bloggers e convertê-los em caixas de ressonância dos poderes instituídos!
Construir a força social e politica capaz de mudar a realidade, tornando possível, no futuro, o que hoje nos parece impossível ( M. Harnecker) é um objectivo perseguido por todos os cidadãos progressistas de todo o Mundo e não apenas pelos bloggers.A capitulação, o desalento, o cruzar de braços, o deixa-andar não nos leva a lado nenhum. Não renunciaremos ao combate de ideias e à luta por uma sociedade mais justa.Tranquilizem-se, não entregaremos, à raposa, a chave do galinheiro

2 comentários:

ximbitane disse...

Querem reprimir a nossa voz? De certo que prenderão muitos, mas não calarão todas as vozes. Avante bloguistas!

Pedro Ayres disse...

Meus caros

Da parte que me toca, creio que será pura perda de tempo se tentarem me silenciar. Há muito que outros ou eles mesmos insistem em fazer com que silencie. Assim, como eu sou, creio que a maioria dos bloggers é também. Liberdade de expressão é algo que logo depois de ser conquistado a gente nunca mais quer perder. Nós, os bloggers, continuaremos a fazer o nosso papel, ser a nossa e voz dos outros sem vozes.