Nós, da CONCP, queremos que nos nossos países martirizados durante séculos, humilhados, insultados, nunca possa reinar o insulto, e que nunca mais os nossos povos sejam explorados, não só pelos imperialistas, não só pelos europeus, não só pelas pessoas de pele branca, porque não confundimos a exploração ou os factores de exploração com a cor da pele dos homens; não queremos mais a exploração no nosso país, mesmo feita por negros. Lutamos para construir, nos nossos países, em Angola, em Moçambique, na Guiné, nas Ilhas de Cabo Verde, em S. Tomé, uma vida de felicidade, uma vida onde cada homem respeitará todos os homens, onde a disciplina não será imposta, onde não faltará o trabalho a ninguém, onde os salários serão justos, onde cada um terá o direito a tudo o que o homem construiu, criou para a felicidade dos homens. É para isso que lutamos. Se não o conseguirmos, teremos faltado aos nossos deveres, não atingiremos o objectivo da nossa luta”. AMILCAR CABRAL

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA



Activistas do Grupo Palmares, do Rio Grande do Sul, chegaram à conclusão de que 20 de Novembro tinha sido a data de execução de Zumbi -um dos líderes do Quilombo dos Palmares, o mais conhecido núcleo de resistência negra à escravidão no país - e estabeleceram-na como Dia Da Consciência Negra. Sete anos depois, o Movimento Negro Unificado incorporou a data como celebração nacional. Em 2003, a lei 10.639, sancionada pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva, estabeleceu a data como parte do calendário escolar brasileiro. Aceda ao Museu Afro Brasil, aqui
Em entrevista ao Vermelho, o coordenador nacional da Unegro (União dos Negros pela Igualdade), Edson França, fala da unidade sobre seis bandeiras no Dia da Consciência Negra. Ele também comenta a amplitude das marchas de 2008: “O 20 de novembro não é apenas dos negros, mas dos brancos e de todos que lutam por um mundo sem racismo”. Porto Alegre (RS), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Salvador (BA) e Olinda (PE) são algumas das cidades que realizarão marchas de rua nesta quinta (20).

1 comentário:

MILU DUARTE disse...

seu blog está me dando uma aula sobre os países de lingua portuguesa. Genial. Por isso, não me espanto de encontrar este post sobre meu país: você, realmente, está por dentro de tudo o que acontece nos países que falam o português. Aqui tenho aprendido demais. Como posso te agradecer???O meu mais sincero muito obrigada.